Apesar de algumas funcionalidades utilizarem javascript você poderá navegar normalmente pelo site.

ÁGUA É VIDA

Chico Leite coordena campanha por maior participação e controle social no sistema de recursos hídricos do DF

A campanha foi desenvolvida pela Frente Ambientalista como forma de ampliar a participação do cidadão quanto ao acesso a informações sobre os recursos hídricos


10/06/2017
Cleudson Fernandes
O presidente da Frente Parlamentar Ambientalista e do Grupo Técnico sobre a Crise Hídrica da Câmara Legislativa, deputado Chico Leite (Rede Sustentabilidade), coordenou, na quinta-feira (8), o lançamento da campanha “Água é Vida”, que visa promover a participação da sociedade na gestão e na fiscalização da água, com foco no controle social dos recursos hídricos do DF. Participaram do lançamento representantes da Secretaria de Meio Ambiente do DF (Sema), do Instituto Brasília Ambiental (Ibram), da Agência Reguladora de Águas do DF (ADASA), além de servidores, representantes de parlamentares e cidadãos.

Chico Leite destacou o esforço contínuo da Frente Ambientalista em contribuir efetivamente para que o DF saia da situação de crise hídrica. “Estamos trabalhando para incluir a população na gestão da água, que é um direito de todos e não deve ser tratada como mercadoria. Precisamos cuidar hoje para garantir a qualidade de vida amanhã”, defendeu.  
 
A campanha Água é Vida foi desenvolvida pela Frente Ambientalista como forma de ampliar a participação do cidadão quanto ao acesso a informações sobre os recursos hídricos. Confira as ações já realizadas pela frente:

•         Aprovação do projeto de lei que estabelece diretrizes para a política pública de reúso da água no DF, permitindo a instalação de sistemas de reutilização, já que hoje isso não é permitido pelas autoridades competentes, de modo a reduzir a exploração dos recursos hídricos para a conservação da água potável;
•         Criação da página da Frente Ambientalista no portal da Câmara Legislativa, onde a população pode acompanhar toda a agenda e programação do GT da Crise Hídrica e interagir com as ações e propostas;
•         Elaboração do projeto de lei “Águas do Cerrado”, em parceria com a Aliança Cerrado, que visa manter a preservação, a conservação e a produção de água no DF.

A próxima ação será a realização de uma Comissão Geral para debater a participação do DF no Fórum Mundial da Água, que acontecerá em Brasília entre os dias 18 e 23 de março de 2018. Por ser um evento privado e haver contrapartida com recursos públicos, a comissão debaterá como será essa participação e quais serão as ações a realizar.


Por: Tiago Monteiro Tavares