Apesar de algumas funcionalidades utilizarem javascript você poderá navegar normalmente pelo site.

FISCALIZAÇÃO

Levantamento do mandato Chico Leite mostra queda nos investimentos em escolas técnicas

“Em 2016, alertamos o GDF para a necessidade de ampliar as verbas para o ensino profissionalizante e conseguimos sensibilizar o governo. Agora, voltaremos a cobrar mais investimento na área”, explica


18/09/2017
Divulgação
Fiscalização orçamentária realizada pelo mandato do deputado Chico Leite (Rede Sustentabilidade) no Sistema Integrado de Gestão Governamental (SIGGO) constatou a queda no investimento real na construção de novas unidades de escolas técnicas no Distrito Federal. Apesar de ter havido um acréscimo na dotação orçamentária para esta finalidade entre 2016 e 2017, os recursos de fato aplicados estão, até o momento, bem abaixo do patamar do ano passado.

Do total de R$ 37.090.566,00 destinado pelo governo no começo do ano, R$ 6.852.690,65 foram contingenciados (18,4%). Até o momento, apenas R$ 1.593.151,16 (4,29%) foram empenhados pelo GDF e, desse total, somente R$ 1.080.661,31 (2,92%) foram de fato aplicados na ampliação do atendimento aos estudantes que buscam formação técnica. “Entendemos a crise financeira pela qual passa não apenas o DF, mas também várias outras unidades da Federação, porém educação é prioridade e nos preocupa o baixo investimento”, afirma Chico Leite.

No ano passado, foram gastos R$ 4.035.777,71 na construção de novas unidades, o equivalente a 15% do montante destinado. Caso não haja alteração nos últimos três meses de 2017, a abertura de novas vagas ficará comprometida. “Em 2016, alertamos o GDF para a necessidade de ampliar as verbas para o ensino técnico e conseguimos sensibilizar o governo. Agora, voltaremos a cobrar mais investimento na área”, explica Chico Leite.

Em 2015, o orçamento autorizado foi de R$ 37,9 milhões. Desse total, R$ 4,2 milhões foram empenhados e R$ 718.698,72 mil foram liquidados, apenas 1,9% dos recursos disponíveis.

Por: Rodrigo Ramthum