Apesar de algumas funcionalidades utilizarem javascript você poderá navegar normalmente pelo site.

Extinção de administrações regionais

Notas taquigráficas


10/03/2015

10/03/2015 

 

DEPUTADO CHICO LEITE (PT. Sem revisão do orador.) – Deputado Dr. Michel, eu me senti no dever de dar uma contribuição à manifestação de V.Exa., Deputado Dr. Michel, porque o governo tinha uma intenção valorosa e acabou dando ensejo ao descontentamento das comunidades com esse projeto.

Se o governo queria e ainda deseja economizar, corte o que há de gordura na máquina, de excesso na máquina. O quê? Os cargos comissionados. Redistribua os servidores de carreira que desejam trabalhar em suas cidades, aqueles que são efetivos, concursados. Assim, profissionalizará o serviço público, dará um tom de qualificação e de compromisso, e o serviço público não ficará ao talante das políticas eleitorais. Esse corte, segundo análise da nossa Assessoria de Liderança, não houve. Extinguiram-se cargos, mas elevaram-se os valores dos maiores. De maneira que, em vez de economizar, está-se gastando cerca de alguns mil reais por mês a mais. Quer dizer, o governo não está efetivamente fazendo o que se comprometeu a fazer.

Então, qual é a minha sugestão? Em vez de terminar por atacar a autoestima das cidades, as conquistas comunitárias, o governo precisa atacar o que há de excesso de gordura na máquina, acabando com cargos comissionados. Se assim fizer, se prestigiar os servidores de carreira, se redistribuí-los para onde não houver, aí não tenham a menor dúvida de que ele vai contar com a simpatia da comunidade e vai contar com a simpatia desta Casa Legislativa. Agora, extinguindo administração, não estará fazendo a economia que deseja e, no mesmo passo, estará contrariando a alma dessas comunidades.

Recebi comitiva do Cruzeiro, do Sudoeste, da Octogonal, que se colocam inteiramente contrários a essa fusão, que termina por ser a extinção da administração do Cruzeiro, quando o foco deveria ser outro se o desejo é a economia.

Essa é a contribuição, Deputado Dr. Michel.